in

Rodovia da Morte: Filho mata pai a tiros na MGT-154. Herança pode ter motivado o crime

Cena do crime


Cena do crime

CAPINÓPOLIS, PONTAL DO TRIÂNGULO – Uma tragédia anunciada ocorreu na manhã desta Terça (20) por volta das 10h, quando Edilson Divino do Prado, 45 anos, seguiu o pai, João Paiva do Prado, 68 anos pela MGT-154 e ao alcança-lo, encostou o veículo ao lado de uma caminhonete S10 que era conduzida pelo pai e após desentendimentos, atirou por três vezes.

João Paiva Prado foi atingido por três tiros no tórax e capotou o veículo que conduzia, vindo a óbito no local.
Edilson Divino do Prado, suposto autor dos disparos, está foragido.
O crime aconteceu na MGT-154, próximo à serra da Aroeira.

João Paiva do Prado foi morto pelo próprio filho
Há menos de um ano, João Paiva teria tentado matar o filho  Edilson com dois tiros, como publicado pelo Jornal Tudo em Dia em 12 de Novembro de 2012. A motivação dos desentendimentos seria a herança.
O corpo será sepultado amanhã, quarta (21) em Ituiutaba.
RELEMBRE O CASO
Veja as imagens: de Marcos Ferreira
[doptg id=”8″]


What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Diário do Pontal

Comments

Leave a Reply
  1. Porque chamar de “Rodovia da Morte” ? A culpa de todas essas tragédias é dos motoristas, não da rodovia. Aliás a rodovia nunca esteve tão boa, apesar de ainda ser necessária a melhoria dos acostamentos. Enquanto não houver educação e consciência por parte dos motoristas, a situação não será resolvida.

  2. Até qdo meu Deus as pessoas vão ficar pior que animais? Não amam o próximo … so amam o dinheiro MISERICORDIA, PENA DESTE QUE SE FOI E DO QUE FICOU A MÃO DE DEUS É PESADA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Prefeita Dinair se pronuncia sobre o manifesto dos caminhoneiros na estrada do “Barreiro”

Secretaria de Agricultura reforça qualidade na merenda escolar em Capinópolis