Pombo não teve forças para voar
in

Jovem de 21 anos tenta enviar pombo com um celular amarrado ao namorado preso em presídio

Pombo não teve forças para voar

Pombo com um celular amarrado lançado na terça-feira (1º) em direção ao Presídio Central, em Porto Alegre, não teve forças para voar. A missão proposta por Cristielli Mansa, 21 anos, ao animal: enviar o aparelho ao namorado, Wagner Machado Rodrigues, 19 anos, preso por tráfico de entorpecentes. A polícia foi ao encontro da jovem, que trazia outra ave imobilizada em uma garrafa PET, de fundo cortado. Presa às asas do animal, estava uma “mochilinha” com um bateria, chips e R$ 427,00

Written by Diário do Pontal

Programa Mineiro de Empreendedorismo tem mais uma etapa em Ituiutaba

Câmara Municipal de Uberlândia aprova projeto que obriga bancos a ter vigilantes 24h