in ,

Comissão Especial criada para investigar caso do Desvioduto da Previdência inicia ações  

(Esq) Cleidimar Zanotto, João Makhoul e Luciano Belchior
(Esq) Cleidimar Zanotto, João Makhoul e Luciano Belchior
(Esq) Cleidimar Zanotto, João Makhoul e Luciano Belchior

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Uma comissão Especial composta por vereadores foi nomeada pelo Presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Paulo Amaral, por meio da Portaria 07/2015 para investigar o caso do “Desvioduto” da previdência Municipal de Capinópolis.

A comissão é composta pelos Parlamentares João Makhoul, Cleidimar Zanotto e Luciano Belchior –  As ações de apuração do caso já tiveram início nesta semana e um requerimento foi encaminhado ao Instituto de Previdência solicitando que sejam fornecidos dados e documentos.

  1. Lista nominal e respectivos contracheques de todos os segurados a partir de 2012;
  2. Extrato de receitas a partir de 2012, incluindo os parcelamentos pagos mensalmente pelo Poder Executivo;
  3. Relação das contas desta autarqui acompanhdo dos respectivos extratos bancários a partir de 2012;
  4. Extrato de rendimentos de todas as aplicações bancárias realizadas a partir de 2012;
  5. Relação nominal com valores, vigência e cópia de todos os contratos firmados com terceiros a partir de 2009;
  6. Cópia do Estatuto do Instituto de Previdência Municipal;
  7. Relação nominal, valores e comprovante de pagamento/repasse às instituições financeiras dos empréstimos consignados em folha de pagamento a partir de 2012.

Várias pessoas  já foram ouvidas pelo Ministério Público no inquérito Civil 0126.14.000.176-2 aberto em 06 de Maio.

O presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Paulo Amaral, afirmou que o Legislativo apoia e defende as investigações para que os maus atos sejam exemplarmente punidos.


What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Diário do Pontal

2 Comments

Leave a Reply
  1. Acho correto a atitude de vcs… Mas vai até o fim ? Ta na hora de mudanças na política… Precisamos de Administrador e não só de político . Dinheiro tem! E só administrar bem!??

  2. Safadeza geral tem que ser apurado os envolvidos punidos e a grana devolvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recém-nascida é econtrada abandonada em Ituiutaba

Polícia Civil prende assaltantes que furtaram R$ 310 mil de banco em Goiás