in ,

Arrendamento das usinas do grupo João Lyra deve ocorrer em Setembro

Juiz Kleber Borba Rocha



Juiz Kleber Borba Rocha
Juiz Kleber Borba Rocha – Foto: Dicom/TJ

PAULO BRAGA / TUDO EM DIA – João lyra

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Grupos ou empresas interessadas em arrendar as usinas sucroalcooleiras do grupo João Lyra – Vale do Paranaíba, Triálcool e Uruba, instaladas em Capinópolis (MG), Canápolis (MG) e Alataia (AL) respectivamente, deverão apresentar proposta em audiência agenda para o início de Setembro.

O TUDO EM DIA teve acesso à decisão do Juiz de direito da Comarca de Coruripe (AL), Kleber Borba Rocha, onde o arrendamento se dará pela melhor proposta apresentada.

A audiência com os interessados em firmar o contrato de arrendamento da usina sucroalcooleira Uruba será realizada no dia 04 de Setembro de 2015, sexta-feira, às 8h – A audiência com os interessados no arrendamento da Vale do Paranaíba e/ou Triálcool foi agendada para as 14h de 04 de Setembro de 2015 – As audiências serão realizadas no escritório da Massa Falida, localizado às margens da Rodovia AL 101 Norte, km 06, nº 3.600, Jacarecica, CEP nº 57.038-640.

As propostas serão apresentadas por escrito e por ordem de chegada – As garantias de sustentabilidade de tal proposta também deverão ser apresentadas pelas empresas ou grupo interessados.

O juiz de direito, Kleber Borba, presidirá a audiência que contará com a participação do Ministério Público, comitê de credores e representantes do usineiro João Lyra – Os demais interessados em acompanhar as decisões deverão apresentar interesse prévio e por escrito ao juízo da falência até o dia 02 de Setembro de 2015. O juiz afirmou que poderá limitar a quantidade de participantes.

Não será permitida, até o término da audiência, a comunicação dos participantes com terceiros fora do recinto.

A audiência não terá cunho deliberativo, apenas será um espaço para a apresentação de propostas – A melhor proposta será selecionada para firmar o contrato até o dia 09 de Setembro de 2015 – O juiz Kleber Borba e dirigentes da Massa Falida farão a análise das propostas em local reservado.

Recentemente o TUDO EM DIA publico matéria de conformidade do usineiro João Lyra, que afirmou que não entrará com recursos para impedir a venda ou arrendamento das unidades industriais.

Os vereadores capinopolense Cleidimar Zanotto e Caetano Neto demonstraram entusiasmo com a decisão do magistrado – “Estamos confiantes que o restabelecimento dos postos de trabalho das duas usinas instaladas no Pontal do Triângulo movimentará a economia local, trazendo novos dias para a população”, disse Cleidimar Zanotto.

“O reativação das usinas do grupo João Lyra trará novos dias para a população destes pequenos municípios, que tem sofrido com a recessão econômica”, disse Caetano Neto.

O processo de falência do grupo João Lyra foi iniciado em Agosto de 2013 – Uma comitiva formada por representantes regionais iniciou uma corrida para agilizar o processo de arrendamento ou venda das unidades no final do ano passado.

Os recursos providos do arrendamento das unidades industriais, serão depositados na conta da “Massa Falida”.

Tags: joão lyra, grupo joão lyra, usinas do grupo joão lyra


What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Diário do Pontal

Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Trabalhadores são encontrados em situação análoga à escravidão em Presidente Olegário

Após fama em protestos, lideranças anti-Dilma anunciam candidaturas para 2016