,

Veja como foi a movimentação do ‘Dia de Finados’ em Capinópolis

Por Tudo Em Dia

Milhares de pessoas foram até o Cemitério da Saudade, em Capinópolis, nesta sexta-feira (02) de novembro, para relembrar os entes queridos e fazer suas homenagens.

A prefeitura de Capinópolis cedeu transporte gratuito aos cidadãos que quiseram visitar o cemitério. Do lado externo, o tráfego de veículos foi organizado por voluntários da prefeitura.

...

ASSISTA À REPORTAGEM:

Continua após a publicidade

Segundo o Secretário de Obras do Município de Capinópolis, Gilson Zanotto, o cemitério recebe manutenção periódica, porém, recebe uma atenção especial nos dias que antecedem a celebração do Dia de Finados. “No cemitério tem um zelador diariamente e nessa época do ano a gente dá uma atenção especial, faz uma ‘força tarefa’ na manutenção interna do cemitério e entorno do mesmo”, disse o secretário.

O comércio de flores também esteve em alta —segundo Dona Marilene de Souza, as vendas foram positivas neste ano. “Vendi quase tudo. Eu cheguei aqui 8h e vendi quase tudo, só esses esses daqui” afirmou apontando para algumas flores artificiais que restaram sobre uma mesa.

O sr. Cícero Batista aproveitou para visitar os parentes falecidos e comprou flores dos comerciantes. “Eu compro aqui mesmo, no cemitério, a gente dá uma força para eles. Minha esposa está enterrada aqui, essa aqui é a segunda, eu sou enxerido”, disse sorrindo e mostrando a atual esposa, Cleonice.

Dona Cleonice faz questão de fazer suas homenagens todos os anos. “Meu pai, meu esposo, estão enterrados aqui, então, eu faço homenagem todo ano” disse.

A secretaria de saúde —como fez em anos anteriores— aproveitou para promover os cuidados com a saúde. Aferição de pressão arterial e prevenção contra a dengue, doença que tende a aumentar neste período de chuvas de verão.

A educadora em Saúde Marilane Vilela, orientou os visitantes por meio de uma maquete, onde mostrava uma residência que combate o mosquito aedes aegypti —transmissor da dengue, zika e chikungunya— e outra residência que não tem os mesmos cuidados com a prevenção.

Fé, orações, canções e ensinamentos foram levados ao Cemitério da Saudade. Missas foram realizadas e uma equipe da Seicho-no-ie distribuiu mensagens aos visitantes.

Segundo Edmar Bento, o Dia de Finados é uma data importante na doutrina da Seicho-no-ie. “Dia de finados, é um dia que todas as pessoas devem se dar o prazer e a alegria aos antepassados, receber a visita de cada um. Sem nosso antepassados, nós não poderíamos estar aqui”, disse o preletor e presidente da Seicho-no-ie em Capinópolis.

Hélio Vilarinho —presidente da fraternidade masculina da Seicho-no-ie de Ituiutaba— ressaltou que as homenagens aos antepassados são uma forma de gratidão. “Nós precisamos ter sentimentos, os três sentimentos principais —amor, respeito e gratidão—, por que a vida continua. E vai outra pergunta: Será que os antepassados vão estar lá nos túmulos? Posso falar que sim ou que não, por que isso passa por grau de evolução. Aqueles que estão em grau de evolução precisam urgentemente de nossas preces”, enfatizou Hélio.

Segundo o vice-prefeito Jaisson Sílvio, a nova área que foi adquirida pela prefeitura de Capinópolis para ampliação do Cemitério da Saudade já pode ser utilizada. “A área foi adquirida e já pode ser utilizada, a questão é que a crise que o Estado tem passado e os municípios, com a falta de repasse, o recurso que estava destinado para fazer o muro, fazer a estrutura para receber os novos túmulos, nós tivemos que utilizar este recurso para cumprir com outros compromissos —saúde, educação e folha de pagamento”, lamentou o vice-prefeito.

FOTOS:

...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *