O Ministério do Desenvolvimento Regional anunciou hoje (23) uma parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para a realização de um diagnóstico da situação das falésias no estado. Serão aplicados R$ 393,7 mil no projeto.  O tra...
in

RN: ministério aplicará R$ 393 mil no diagnóstico de falésias

O Ministério do Desenvolvimento Regional anunciou hoje (23) uma parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para a realização de um diagnóstico da situação das falésias no estado. Serão aplicados R$ 393,7 mil no projeto. 

O trabalho será realizado nas praias de Pipa, em Tibau do Sul, e Barra de Tabatinga, no município de Nísia Floresta. O relatório preliminar será entregue pela universidade no primeiro trimestre de 2021 e deverá apontar soluções para evitar desmoronamentos e aumentar a segurança de moradores e turistas que frequentam a região. 

Em novembro, um casal e uma criança morreram ao serem atingidos pelo desmoronamento de parte de uma falésia, na Praia de Pipa, um dos principais pontos turísticos do estado, distante 80 quilômetros de Natal.

Erosões

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) divulgou ontem (22) um estudo inédito sobre as áreas vulneráveis à erosão hídrica em todo o país.

O trabalho gerou mapas que foram disponibilizados por meio da plataforma do Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos. Os dados poderão ser usados para elaboração de políticas publicas. 

Written by Diário do Pontal

Congresso entra em recesso com pauta cheia de pendências para 2021

Dívida Pública Federal ultrapassa R$ 4,7 tri em novembro